quarta-feira, 15 de julho de 2009

30 anos

Um dia muito especial...
.....



Obrigada pela surpresa!
Adoro-vos
Adoro-vos
Adoro-vos
ai...
Adoro-vos

terça-feira, 2 de junho de 2009

....

Há dias em que me fazes particularmente feliz.
....
...

quinta-feira, 14 de maio de 2009

.....
Amor
Julguei tudo saber sobre o amor.
Afinal, sei agora, que nada sabia.
Sempre chamei amor ao que nunca passou de paixão.

Paixão

Esse sentimento relâmpago, forte, poderoso, destemido, determinado... enganador!

Tudo o que no passado vivi foram isso mesmo - paixões.
Por mim sentidas, é certo.
Intensamente vividas, não nego.
Mas efémeras.
Que perderam o total sentido.
Vontades que foram e que não são mais.
(... e como lamento que um dia tenham sido...)
Paixões que me levaram a acreditar que cada "amo-te" era verdadeiro, mas que afinal não passava de uma palavra inócua, isenta de sentimento.
Paixões que me levaram a acreditar que todos os sorrisos que me davam eram verdadeiros, mas que na verdade, não passavam de meras e deliberadas contracções musculares.

Julguei tudo saber sobre o amor.
Mas só agora o descobri.

Contigo

Contigo eu descobri a solidez de um afecto.
Contigo descobri que o amor afinal é isto...

... e que o meu amor afinal ÉS TU!



...

terça-feira, 12 de maio de 2009

...

Agora a vida devolve-me o que durante muito tempo me roubou...

Partilhaste comigo a tua cor
e ela entrou nos meus dias!
...

domingo, 8 de março de 2009

...
Porque o mundo, o MEU mundo, é muito melhor se estiveres nele.



terça-feira, 3 de março de 2009

Praha...

....

video

...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

30 - 01 - 2009

....
18h00

(Final do dia. Envio-te a habitual sms...)

Olá olá, já terminei as aulas. Vou andando para o Saldanha e espero-te no sítio que combinámos. Até já. Beijo

18h15

(Terminas o teu dia de trabalho. Ligas-me...)

Siiim?

Olá
Oi
Onde estás?
Já tou no (...). Tou na mesma mesa onde ficamos da última vez.
Ok. Eu só saí agora, mas vou já para aí.
Tá bem. Até já.
Até já. Beijo Beijo

18h30

Chegaste.
Surpreendeste-me por trás com um ternurento abraço...
Um beijo no pescoço...
Umas palavras doces ao ouvido...
Uma flôr na minha frente...

É para ti.
Para mim?
Sim.

Encarámo-nos de frente.
Tinhas um sorriso tímido, o ar tranquilo de sempre, enternecedor, cheio de candura e com o qual me desarmaste e conquistaste por inteiro.

Olhei-te. Sorri.

Obrigada meu bem. És em querido!

Abraçámo-nos.
Mesmo sem palavras, percebeste "que neste canto meu, já tens um mundo que é só teu."
Beijámo-nos.



terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Cheguei junto de ti

....
Cheguei junto de ti com o coração pesado.
Foi há já tanto tempo...
O coração pesado, angustiado, amargo.
Um coração ferido.
Cheguei junto de ti e não previ como seriam as minhas emoções.
Não pressenti sequer que tudo teria o desfecho que, palavra d'honra, jamais imaginei possível.
Cheguei junto de ti sem um sentimento definido.

Hoje não tenho duvidas em definir o que sinto.
...


....
Cheguei junto de ti sem um sentido claro nem uma direcção definida, mas hoje o meu caminho
é por onde vais!
......

...